Como funciona a Jornada de Compra dentro do ambiente digital Blog Maior
13/12/2018

Como funciona a Jornada de Compra dentro do ambiente digital

Escrito por:
Como funciona a Jornada de Compra dentro do ambiente digital

Você sabe o que é Jornada de Compra? Com o inbound marketing as empresas passaram a contar com um novo método para divulgar e vender os seus produtos e serviços. Esse modelo é menos invasivo e mais voltado para aqueles consumidores que realmente estão interessados no seu produto ou serviço.

A chamada Jornada de Compra é mais do que uma ferramenta, é um pensamento estratégico que procura entender, mapear e acompanhar o seu público alvo durante todo o processo de compra. Ou seja, são todos os passos que uma pessoa executa enquanto passa pelo seu site até se tornar oficialmente um cliente.

Muitas vezes não sabemos exatamente o motivo que nos leva a perder uma venda, mas de olho na jornada de compra você pode estar presente em todas as etapas e, no momento certo, fazer sua venda. Você vai precisar entender os hábitos de consumo de seus clientes e monitorar a suas buscas na internet, e assim descobrir em qual momento da compra ele está, para conduzi-lo de forma eficaz a conclusão do negócio.

Entender a Jornada de Compra auxilia na sua estratégia de marketing de conteúdo, que é um dos responsáveis por atrair visitantes ao seu site. Isso acontece porque a equipe de marketing pode produzir e entregar conteúdos relacionados aos desejos e necessidades do cliente.

Mas, é muito importante fazer um planejamento amplo, quando for investir em estratégias online, e levar em consideração formas de divulgação e de atrair clientes, além dos mecanismos de vendas. Ele será essencial para orientar trabalhos no marketing empresarial.

Quer saber quais são as fases das Jornada de Compra e como ela funciona? Continue acompanhando o nosso post!

Etapas da Jornada de Compras: Como o cliente chega até o seu produto

A Jornada de Compra é dividida em 4 etapas diferentes

- Aprendizado e descoberta

Nessa primeira etapa o consumidor ainda não entende exatamente o que quer de fato, e não sabe muito bem que tem um problema ou necessidade.

A ideia é atrair a atenção dele com algum conteúdo que faça ele perceber que ali tem uma oportunidade de negócio e desperte o interesse para continuar em seu trajeto.

O que temos de concreto é que o consumidor começou a buscar informações sobre algo e quer aprender sobre. Nesse momento, ainda não existe nenhum interesse pela empresa.

- Reconhecimento do problema

Aqui o consumidor já percebe que tem um problema ou oportunidade e começa a fazer pesquisas por conteúdos que possam clarear mais o assunto e buscar possíveis soluções para resolver esse problema.

O objetivo é gerar uma necessidade no consumidor. Por isso é importante ter uma constância na produção de conteúdo.A confiança entre empresa e cliente começa aqui.

- Consideração da solução

Aqui, o possível cliente já pesquisou e sabe que tem um problema ou oportunidade, e também sabe qual a solução para ele. Então a sua empresa precisa nesse momento o conduzir para a sua decisão.

E qual seria a melhor maneira de fazer isso? Dar um senso de urgência, mostrando os prós e contras sobre tomar a sua decisão, mostre alternativas para a resolução do seu problema, para que ele avance no processo e não deixe para depois. O objetivo é que ele entenda que tomar a decisão é necessário. 

- Decisão de Compra

Na última etapa, já existe um comprador. Ele já fez pesquisas relacionadas a preços e qualidade. E agora a função da sua empresa é mostrar os diferenciais que seu produto ou serviço apresenta em relação aos concorrentes.

Faça com ele perceba as vantagens em adquirir a sua solução, destacando não só o produto ou serviço, mas o atendimento ao cliente.

Esse processo exige paciência da sua empresa e um bom planejamento para cada uma dessas etapas. São esses conteúdos que vão guiar os consumidores para uma potencial venda.

O outro lado da moeda: Como funciona na sua empresa

Quando o consumidor começa considerar a compra do seu produto ou serviço, ele entra no seu funil de vendas. O trabalho em cada etapa é essencial para garantir mais clientes.

Cada uma dessas etapas está relacionada com a jornada de compra.

                      

 

 

- Topo de Funil

Essa primeira etapa está relacionada com o aprendizado e descoberta da jornada de compra.

O seu papel aqui é oferecer conteúdo mais amplos e ricos para despertar atenção, como ebooks, posts ou webinars com temas mais introdutórios sobre determinado assunto. Use o preenchimento de formulário para conseguir dados e fazer o visitante se tornar um lead e avançar em sua jornada de compras e no funil.

- Meio de Funil

O Meio de funil está relacionado as etapas de reconhecimento do problema e consideração da solução na jornada de compra.

Nessa etapa estamos lidando com leads, que estão em busca de resolver as suas necessidades. É importante não tentar vender o produto a qualquer custo aqui, mas tentar amadurecer e qualificar eles, com conteúdos que mostrem que a empresa tem a solução para o problema dele.

- Fundo de Funil

A última etapa do funil está relacionada a decisão de compras na jornada de compra.

Aqui os leads já viraram oportunidades, mais do que cientes do problema, eles buscam uma solução. Um conteúdo ideal para essa etapa é o case, que mostra um cliente que já usou a sua solução como resposta para os problemas dele.

Com as mudanças de estágios do funil, é comum que a quantidade de pessoas reduza. Porém, quanto mais avança no funil, mais qualificado está o consumidor, e mais preparado para a compra.

A Jornada de Compra é uma ferramenta muito importante para a sua estratégia de vendas. Ela pode ajudar a conseguir mais clientes, além de determinar a sua estratégia de conteúdo. Agora que você já sabe como funciona, não deixe de implementar no seu planejamento!

Nós te ligamos!

Preencha o formulário e faça parte de um grupo de empresas que conquistaram resultados incríveis com marketing digital.